Posted in:

5 dicas de conteúdo que aprendi como YouTuber

  1. youtube
  2. tenor
  3. tenor (1)
  4. tenor (2)
  5. BRAZIL - 2019/05/14: In this photo illustration the Youtube logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Surpresa, a GH tem um youtuber no time, eba!

Pera lá, calma que não é nenhum Felipe Neto e, na verdade, é ex-youtuber. Estamos falando de mim mesmo, Roger Lima. Não conhece, né? Tudo bem, segue o baile, porque eu vim aqui pra falar do que eu aprendi sendo youtuber. Hoje em dia faço parte do time de conteúdo da GH e, antes de iniciar minha carreira brilhante em terras gaúchas, tive um canal com a temática de cinema.

O canal não teve um alcance astronômico – até por que esse não era nosso objetivo -, mas pode acreditar que o curto período de tempo em que trabalhei nessa mídia foi o suficiente para tirar lições muuuuito valiosas sobre conteúdo no meio digital.

tenor

Essas lições são aplicáveis em outros segmentos, outras mídias, outros lugares, então por isso tive a ideia de compartilhar um pouco do que aprendi com vocês. Tenho certeza que você vai encontrar algo para aplicar no dia a dia da sua empresa. Então, sem mais delongas, vamos lá!

1 – Faça conteúdo regularmente

Sim, isso pode ser bem difícil, principalmente quando estamos falando de YouTube, que é uma rede social que envolve gravar, editar, etc. Mas não tem outra. É preciso ter um cronograma, seu público precisa saber que vai encontrar conteúdo novo com frequência.

O legal do YouTube é que os youtubers criaram essa cultura de publicar vídeos em dias específicos. Isso forçou eu e meu parceiro de canal a criarmos todo um planejamento dos vídeos que postaríamos no mês, quando seriam as gravações, quais seriam os temas, etc.

2 – Procure mostrar o que o seu público quer

Estar em contato com quem consome o seu conteúdo é essencial. Nos vídeos do YouTube, o espaço de comentários é totalmente livre para sugestões, críticas e dúvidas do público e nós estávamos sempre atentos para saber onde estávamos acertando e o que poderíamos melhorar no nosso canal.

Fazer conteúdo não possui uma receita de bolo, então entregar o que o seu público procura é uma ótima forma de trilhar o caminho certo. A dúvida de um pode ser a dúvida de vários. Um comentário pode servir de tema do próximo conteúdo. Uma reclamação pode ser o refinamento que seu direcionamento precisa.

tenor (1)

3 – Pense em vários tipos de conteúdo

O universo do cinema é muito rico e, não importa quão segmentado é o seu negócio, a mesma lógica também deve ser aplicada a ele. A sua empresa também possui uma infinidade de assuntos que podem ser abordados, basta saber explorar com sabedoria.

Nessas horas é sempre bom revisitar o funil de conteúdo, onde temos temas de topo, meio e fundo de funil. Assuntos mais abrangentes podem colocar o seu negócio no mapa e atrair pessoas realmente dispostas a consumir o seu conteúdo até o final. Vídeo, e-book, blog post, artigo, lista, planilha – as opções são variadas, então use-as bem!

4 – Integre suas redes sabiamente

Conhecendo o seu público você vai saber onde encontrá-lo e onde você deve pulverizar seus conteúdos. Procure sempre inserir links do seu site, redes sociais, landing page, o que tiver. O tema que você está apresentando não acaba em você, então procure sempre dar “algo a mais” para seu público.

Além disso, rastrear a origem de seus cliques pode dar vários insights de onde você deve concentrar seus esforços.

tenor (2)

5 – Qualidade acima de quantidade

Não é sempre que temos tempo livre para parar tudo o que estamos fazendo e consumir um conteúdo, então faça valer a pena. Muitas pessoas tentam estender o tempo de vídeo para parecer que é um conteúdo rico e cheio de coisa – e aí quando você assiste, são dois minutos de enrolação, metade bobagem e o fim é só divulgando redes sociais.

Valorize o tempo do seu público. Seja profissional e crie um conteúdo que seja conciso e interessante, que realmente valha à pena de ser assistido.

Bom, é isso!

Como eu falei acima, conteúdo não tem uma fórmula mágica. Cada segmento, cada negócio e cada conteúdo tem características diferentes e é essa combinação que torna fazer conteúdo online uma parada interessante. O que tu achou das dicas? Compartilha aí com a gente outras coisas que tu aprendeu e vamos bater esse papo!

Até a próxima!
 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *